Blog Items

Governo anuncia R$ 409 milhões para financiar 17 projetos de telecomunicações

O investimento será voltado ao desenvolvimento e a ampliação de tecnologias de Internet das Coisas; verba será destinada a pequenas e médias empresas para aquisição de soluções tecnológicas O governo federal anunciou nesta terça-feira (24) a destinação de R$ 409 milhões para financiamento de 17 projetos de telecomunicações, por meio do Fundo para o Desenvolvimento Tecnológico das Telecomunicações (Funttel). O investimento, segundo o Ministério das Telecomunicações, será voltado ao desenvolvimento e a ampliação de tecnologias de Internet das Coisas em sistemas agrícolas, de transporte, saúde e segurança, além de soluções para a internet 5G. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro.

Metodologia do índice da Bolsa de Frankfurt é alterada após escândalo da Wirecard

A Deutsche Börse informou que todos os membros em potencial teriam que atingir uma medida de lucro operacional positivo (Ebitda) por 2 anos inteiros antes de ingressar no índice DAX O principal índice de ações da Alemanha expandiu seu tamanho e mudou as regras para aumentar a qualidade de suas empresas constituintes, um movimento desencadeado em parte pelo colapso da empresa de pagamento Wirecard, por causa de uma fraude multibilionária. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro.

STF arquiva mandado de segurança contra tramitação da reforma administrativa

Segundo parlamentares, PEC só poderia tramitar com dados que a embasassem O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), mandou arquivar um mandado de segurança apresentado por um grupo de parlamentares para tentar paralisar a tramitação da reforma administrativa no Congresso. O argumento central do grupo era que a matéria só poderia começar a ser analisada após o governo divulgar os dados que embasaram a proposta de emenda à Constituição (PEC), especialmente o impacto orçamentário da reforma. Para Marco Aurélio, negociar benefício em delação é atribuição do Judiciário Rosinei Coutinho/SCO/STF Em sua decisão, Marco Aurélio afirma que informações prestadas pelo presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), demonstram que ainda não houve a admissão da PEC, que nem sequer chegou a ser distribuída. Por isso, não haveria transgressão ao processo legislativo e seria "incabível atuação prematura do Supremo". Segundo a petição inicial, o governo impôs sigilo aos documentos, subtraindo a prerrogativa dos parlamentares de debater, questionar e aperfeiçoar a proposta enviada à Câmara. Para o grupo, é "preocupante a insistência do Ministério da Economia em escapar à transparência própria do princípio republicano". A ação foi movida por deputados e senadores de diferentes partidos, como PT, PDT, PSD, Psol, Rede e PV.

About Consilium

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Nunc rhoncus elit in est commodo hendrerit. In sodales rhoncus tincidunt. Integer iaculis nisi sit amet risus malesuada vulputate. Sed diam orci, cursus ut luctus sit amet.

Buy Now

Áreas de Atuação

Linhas de Pesquisa

Portal de Ensino

Projetos

Produção Acadêmica

Entre em contato

Av. Bandeirantes, 3900 - Sala 03
Monte Alegre - CEP 14040-905
Ribeirão Preto - SP / Brasil
FEA-RP / USP

+55 (16) 3602-0503

[email protected]

Mídias sociais

Acesse nossa newsletter: